quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Upor

Resolvi encher as páginas desse caderno para conseguir reler isso e compreender exatamente o que se passa na minha cabeça.
Queria, sinceramente, saber de qual área, qual parte de mim sai todo esse conhecimento sobre a vida - tão vasto e ainda assim tão restrito - sobre tudo no geral. Eu quero encher a cabeça de cada um com meus pensamentos desviados porque talvez assim eu faça uma moda nova: pensar.
Às vezes me pergunto se as pessoas ainda conseguem fazer suas sinapses com cem por cento de eficácia, não entendo o que há de tão importante em sexo, felicidade, amor... mesmo que eu irracionalmente (ou racionalmente) queira e busque isso todo o tempo. Queria entender o que se passa na sua cabeça agora e o porquêdisso. A gente trocou nosso livre arbítrio pelas funções mais primárias (tudo padronizado, como máquinas) e ainda temos a ousadia de dizer que somos evoluídos. O que se passa na sua cabeça que pode ser mais importante do que viver algo pleno?
Mas quem sou eu, senão um de vocês?

3 comentários: