quarta-feira, 18 de agosto de 2010

I, Like You

Eu poderia gastar um dia inteiro listando prós e contras. Mas a verdade, resumidamente, é que eu gosto mais de você quando você está nu, gosto muito mais de nós quando estamos nus.
Não quero soar erótica, muito menos superficial se você ainda não entendeu do que exatamente eu estou falando, eu gosto, não quando não estamos vestidos, mas sim quando estamos expostos, crus, só a gente existe no mundo.
Mas o problema é que a gente vive tão coberto, com máscaras, roupas sociais e vestidos de festa que acaba que a gente não se vê direito. A gente se cobre, se protege e só pra se despir depois, querido. Prefiro quando se cobrir não é necessário.
Mas o problema é que você constantemente quer se vestir de coisas que não são suas, e não me entenda errado, eu te vejo muito além, mas isso me força a fazer o mesmo e quanto mais camadas, mais a gente se distancia.
Tire suas roupas e deite no chão.
Tire minhas roupas e me deite no chão.
E seremos só nós mesmos, até quando a gente quiser se proteger de novo.

3 comentários:

  1. Qual é meu problema? Eu sempre acho que os textos são pra mim.
    xDDD

    A-may
    do fundo do meu pâncreas pendular.
    oi?

    ResponderExcluir
  2. I like you much better when you are naked.
    Pornô!
    hsuahsuahuahs brinks.
    Adorei o final!
    <3

    ResponderExcluir
  3. Caraamba, que texto mara o_o

    Confesso que no início pensei no lado erótico da coisa xD
    "Essa é direta, boto fé! Hahahahaha", pensei.
    Mas, conforme fui lendo, foi ficando melhor ainda!

    Muito bom mesmo, parabéns!

    ResponderExcluir