quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Don't speak, liar (Prometo que apago esse post depois)


-E quando a gente se vê?
- Quando a gente se vê? A gente se vê quando você puder, quando eu puder, quando der certo. A gente marca, a gente diz que dá, e depois a gente esquece, não liga... Triste isso, não é não? Eu nem me lembro mais da cor dos seus olhos.
- Poxa... - foi tudo que ele disse.
Não queria adimitir em voz alta, mas eu não queria perder essa chance, quantas vezes mais poderia ouví-lo dizer que queria me ver? Por um segundo pensei em ser condolente e dizer "fale um dia, qualquer dia".
Queria vê-lo, não podia negar.
Porém, pensei duas vezes e perguntei se ele realmente queria me ver.
- Quero. - ele disse, mas não acreditei.
A pior parte é que só eu me esforço.
Pelo menos é o que parece.
- E esse fim de semana?
- Esse fim de semana eu vou sair com meus amigos.

Então ótimo!
Mas, por favor, pare com essa brincadeirinha porque já deu!

2 comentários:

  1. Não apaaaaaaaaga.
    AHUAHuhauhauhA
    Agora com o contexto ficou ainda mais fofo, falei.
    xD

    ResponderExcluir
  2. Não apaga. [2]
    Eu amei o quê de crônica (sem ser humorística). Amei mesmo mesmo mesmo mesmo.

    ResponderExcluir