quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Sobre ser só, só.

Sim, dessa vez eu sou a louca incontrolável, insone, exagerada, histérica chamando seu nome de traz pra frente, vendo tudo borrado, sem fazer o menor sentido. Sou eu na contramão de mim, querendo um pouco do muito melhor que você tem dentro de si, pra encher um pouquinho do meu si. É pedir demais que você me estenda a mão na hora que eu mais preciso? É pedir demais pra você me ajudar a sair desse chão imundo, devagar para que eu não fique tonta, para que minha náusea não se exteriorize? Meu estômago dói e na cabeça ecoa o ultimato: Ou você está aqui e fica aqui pra sempre ou sou só eu com esse vestido bufante, enfeitada e patética, te esperando, deitada no carpete do banheiro, me embriagando com solidão...

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Meu pequeno sonho,

é você aqui pra me abraçar durante essa sucessão de pesadelos.

"Aonde está você agora além de aqui, dentro de mim?"

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Dear Nonsense Girl,

Vou cortar é a tua cara (;

Carinhosamente,

Kali.

sábado, 19 de novembro de 2011

AEAEAEAEAEAEAEAE!


AEAEAEAEAEAE!!!!

AEEEEEEEEEEEEEEEEAEAEAEAE

AEAEAEAEEEEEEEEEAEAEAEAE

domingo, 13 de novembro de 2011

Me deseje sorte

"Demorei muito para acreditar na mais louca e cruel verdade: quem gosta de você vai te tratar bem. Quem gosta de você se importa, quer o melhor, te procura, te liga, te dá satisfação. Quem gosta quer estar junto. Quem gosta demonstra. Quem gosta faz planos. Quem gosta apresenta para a família e amigos. Quem gosta manda uma mensagem bobinha só pra dizer que ama. Quem gosta carrega uma foto sua pra ver quando dá saudade. Quem gosta abraça na hora de dormir. Quem gosta dá um beijo de boa noite e de bom dia. Quem gosta aguenta suas reclamações, sua cólica infernal, suas manhas e manias. 
Me desculpa, mas não existe medo que seja maior que um sentimento. Não existe timidez que seja mais forte que uma declaração de amor. Não existe distância que deixe uma relação morrer se as duas pessoas querem ficar coladinhas. Não existe estou-dividido-entre-ela-e-você.
Quem gosta pode se perder, mas sempre vai saber pra onde quer voltar."

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

As Vitrines

Quando você tá longe, eu fico triste triste.
Mas quando você tá perto, mesmo sem falar nada, eu me sinto tão segura, tão feliz e tão satisfeita.
E só a expectativa de que você vá dizer algo, mesmo que idiota, já põe um sorriso no meu rosto.

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Pois é.

Eu quero professar meu amor por você para todo mundo, eu quero fazer anúncios no jornal e dizer pra todo mundo que finalmente chegou a minha vez de amar direito... Amar com a alma e com o coração, amar com tudo que pertence a mim, tudo que eu posso te oferecer.
Eu quero virar pra você e dizer que eu amo você e que eu nunca na minha vida senti uma coisa tão intensa e que isso me assusta pra caramba, eu quero contar pra você como tudo em mim revira só de te olhar, mas ao invés disso eu digo um quase inaudível "oi" só pra que eu realmente saiba que você tá reconhecendo minha presença de verdade, e quando você pergunta como eu estou - mesmo que eu saiba que seja só por educação - eu respondo que sim querendo gritar um não enorme bem na sua cara, só pra você ver que eu estou passando pelo  inferno só pra eu conseguir assumir que eu gosto de você.
Porque eu sei que você não gosta de mim.

domingo, 6 de novembro de 2011

É...

Sou muito ruim. Mesmo.





E sinto-me até mais aliviada por finalmente admitir isso.
A mim mesma.

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Sarah Blasko - All I Want | SK Session


Me desculpa se em algum ponto do caminho eu não soube dissociar você de mim e a gente parou nesse limbo onde pode haver céu ou inferno no futuro. Me desculpa se eu não fui o que você esperou, se eu tenho ficado distante e se minha mágoa criou uma redoma ao meu redor e ninguém consegue me acessar. Você não entenderia o porquê disso tudo se eu contasse. Não vai adiantar me abraçar apertado e dizer que me ama. Não vai resolver mudar de atitude e prestar atenção se eu me ausento. A única pessoa que nunca vai me deixar sou eu.
E se eu não me conheço, eu não vou saber como te amar plenamente.
E se você não me conhece, você nunca me amou de verdade.
I don't want another lover

So don't keep holding out your hands
There's no room beside me
I'm not looking for romance
Say i'll be here, I'll be here
But there's no way you'd understand
All I want

All I want
All I want
When I don't even know myself
I don't want another partner

So don't try and break the spell
I can't even understand me
So don't think that you can help
When I say things and see things
There's no way on earth to tell
All I want

All I want
All I want
Cause I don't even know myself
No one wants to be lonely

But what am I to do
I'm just trying to be honest
I don't want to hurt you too
When I'll be there, I'll be there
I know I sound confused

But all I want

All I want
All I want
All I want
All I want
Say all I want
All I want is to one day come to know myself.

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Brincando

A gente brinca quando é pequena, mas geralmente não tem problema, é normal e até saudável para as crianças brincarem e manterem-se sempre ativas, seja lá qual brincadeira seja ou o que eles inventem.
O problema é quando a gente cresce e toma gosto pelas brincadeiras. E as bonecas não nos satisfazem mais tanto quanto antes... Quando a gente toma gosto pelas brincadeiras, a gente descobre que pessoas também servem pra brincar, que elas também são moldáveis e seguem ordens.
Eu não quero brincar com você, juro, não quero que você seja uma marionete
- só porque isso deu errado um dia -
Eu quero que você entre nessa brincadeira comigo e jogue meu jogo, eu juro que eu nivelo o campo de batalha de alguma forma, mas por favor, para de ser moldável, porque quanto mais moldável você fica, mais eu fico tentada a brincar com você.
Joga meu jogo que eu deixo você ganhar.

Trembling

Minhas pernas estão bambas.
Todo o meu corpo está tremendo.
É pedir demais que você saia quando você nem está mais perto?

SickSickSick

Eu quero me ver longe de você. Eu quero me desvencilhar de todas essas correntes que me prendem à você, que te permitem me torturar a cada dia mais, me marcar mais; eu quero tirar você da minha cabeça, eu quero uma reabilitação de você, me desintoxicar de vez sem temer o que vai acontecer se eu sair na rua e você não estiver por perto só pra me ver passar e nada mais.
Eu quero deixar de ficar doente...
Eu quero não querer seu corpo colado no meu.
Eu quero não querer sua alma fundida à minha.
Eu quero não querer te matar toda vez que eu percebo que eu te amo.
Porque isso me intoxica, isso me mata aos poucos e eu quero que você queira se desintoxicar de mim, eu quero que você queira ficar bem para que eu tenha paz de espírito na hora de te deixar, para que eu saiba que você vai se virar tão bem como eu, seja num manicômio ou na vida real, eu quero que você queira quebrar essas correntes e me deixar em paz.
Mas eu sou doente por você e isso não cessa.
É como uma febre que não passa, um vírus que muda toda vez que eu descubro uma cura...
Você não quer sair de mim com a mesma intensidade que eu não quero que você vá embora,

Kiss Me

A gente sempre teve essa química, não é mesmo? Algo sempre faísca, incendeia, brilha quando a gente tá junto e eu nunca consegui realmente apontar o dedo para o que era esse elemento tão fantástico que me faz querer ficar bem bem bem perto de você toda hora.
Mas acho que ninguém apóia muito o que a gente tem, e se apóia, só tá esperando o momento derradeiro em que você vai pular do barco... Ou eu vou pular do barco e deixar ele afundar. Mas eu não quero que isso aconteça, porque mesmo quando tudo parece estar degringolando, você diz que as coisas vão melhorar e eu acredito. Você me faz alimentar esperanças que eu nunca tive antes e isso já é muito, eu te digo isso.
Agora?
Só falta você me beijar e a gente começar...

A Sombra - Ação

Não se assombre, meu doce veneno, se me deleito com tua acidez.
Me devora de dentro pra fora? Vai...
Queima tudo dentro de mim, me faz sentir tua ira e teu amor, me faz perder o foco e vem me invadir feroz e sereno como o mar pra eu me afogar em teus beijos...
E aí eu viro brasa, eu morro aos poucos pra me libertar dessa casca e poder deitar ao seu lado toda noite.
Do que é feito a alma se não de paixões e soluços?
Do que é feita a mente se não de objetivos e tropeços, de imaginação e remorsos?
Ai ai, se tudo fosse simples essa noite o telefone tocaria, seria você dizendo "sabe quem é?" e eu responderia com um sorriso nos lábios: "eu nunca me esqueci". Você, como minha sombra, nunca saiu de mim.