terça-feira, 30 de junho de 2009

Imperfeição

Seria tão bom sair por aquela porta e conhecer alguém sem precisar procurar no meio da multidão. Alguém que soubesse se aproximar sem ser invasivo ou que não se esforçasse tanto para parecer interessante; alguém de quem eu não quisesse fugir quando a intimidade derrubasse nossas máscaras, que segurasse minha mão e tocasse meu coração. Que não me prendesse, não me limitasse, não me mudasse; alguém que me roubasse um beijo no meio de uma briga e me tirasse a razão sem que isso me ameaçasse. Que me dissesse que eu canto mal, que eu falo demais e que risse das vezes em que eu fosse desastrada; alguém de quem eu não precisasse.. mas com quem eu quisesse estar sem motivo certo. Alguém com qualidades e defeitos suportáveis, que não fosse tão bonito e ainda assim eu não conseguisse olhar em outra direção. Alguém que me encontrasse até quando eu tento desesperadamente me esconder do mundo. Eu queria sair por aquela porta e conhecer alguém imperfeito;
feito pra mim.

Universal Soul - Samael

Underneath the world built by reason
Lay the foundations of a different perception
Putting light on a brand new horizon
Remodeling our own life's conception
Opening views on another dimension
Creating a home of outstanding proportions
Radiating from one's own reflection
Energy's nucleus height density concentration
Feeling incomplete before the meeting
While the rest of me wants to gather

Sociability, sensibility
Clear out charm of world illusions
Philanthropy to felicity
So why can't we live with one another

Dissolved, diluted, restored and regrouped
Waiting for crystallization
Reunion of different principles
Leading to cohesion and different conclusions

Fundamental and perennial
The law of movement intersideral
One small step, one giant step
Interdependent and connected

Thought-omnipotence giving the access
To your own soul, to other galaxies
At your own depth, reality
Subject to hazard and susceptibility
Emotionally, physically
Bound and tied

Understanding before standing
Always digging your views a little deeper
Vision and dream accorded with one another
Giving an answer to all your wonder
Sun of your soul is significant to your own environment
See through the night with an open mind
Catch up with the light, your way you'll find
Feeling incomplete before the meeting
While the rest of me wants to gather

Sociability, sensibility
Clear out charm of world illusions
Philanthropy to felicity
So why can't we live with one another

Dissolved, diluted, restored and regrouped
Waiting for crystallization
Reunion of different principles leading to cohesion and different conclusions


Melodia:
http://www.youtube.com/watch?v=Gvriy89SzIs&feature=related

segunda-feira, 29 de junho de 2009

quarta-feira, 24 de junho de 2009

Maquiavel

"Os homens em geral formam as suas opiniões guiando-se antes pela vista do que pelo tato; pois todos sabem ver, mas poucos sentir.
Cada qual vê o que parecemos ser; poucos sentem o que realmente somos.
E estes poucos não ousam opor-se à opinião dos muitos que, atrás de si, têm a defendê-los a majestade do poder."

O Príncipe, de Nicolau Maquiavel.

terça-feira, 23 de junho de 2009

Gotta keep on keeping on

Honestly, people always tell me about those who are so "weak".
But what do you mean? That i'm strong? Well, yes, i am.
They come like "yeah, poor her, her life is a shit, do you see?"
Yes i see. And i do care. I just don't show it. I hardly show anything.
That's what makes me strong perhaps.
I don't cry, i don't love, i don't have a heart.
I'm not a pretender. I try hard to be as honest as possible.
But that one that is always smiling, helping the others, trying to be just ok, maybe if you look deep in the eyes of this one... you'll see sadness and confusion.
They just don't freak out, give up and crumble down like the weak people.
Whos so used with the whatever pain.

sábado, 20 de junho de 2009

You have stolen my heart/ I said no no no.

Não

(suspira), nem importa o quanto eu tente me desviar, você sempre me aparece da forma mais triste e simples, em memórias e sonhos que eu preferiria não ter.
E se você, dentre todas as criaturas não fosse a que mais tivesse me petrificado e me tornado essa pessoa tão oposta a tudo o que é afetivo, eu juro, eu juro que te entregaria meu coração só mais uma vez para vê-lo ser massacrado pelas suas mãos tão suaves e pesadas.
Eu fecho os olhos e me lembro que você já esteve comigo aonde quer que eu fosse. E o mundo era colorido, meu rosto era só um sorriso e minutos cruciais voavam entre nossos desejos assumidos.
E pensar que depois de tudo o que passamos, depois de te expulsar da minha vida, a única razão pela qual eu não sinto nada é porque eu tive um coração...Que você roubou e desprezou, enquanto podia me ter na mão.
Agora eu não vou acreditar. Agora é minha vez de seguir em frente. (suspira)

Não.

terça-feira, 16 de junho de 2009

So you want to be a superhero?

There's banging on the wall. It's 5 am i've no sleep at all.
Just thoughts of how i might struggle through tomorow
Too much time in one day
Too much time to occupy with boring thoughts,
boring moods,
boring bedtimes.
Won't tell a single soul that my soul's gone.
It's hard to write a song... It's all a joke.
It's all been wrote down by someone's that' probably dead.

There's laughter from below...
It's 1 am, how could you have known the thoughts of silence
that keep me from going back to sleep at night?
Wish i could call someone i love.
To stop thinking of myself
Long look in the mirror,
Just look so empty.
You were right;
I can't do this.
I'm going crazy.
It's fine by me, now you can see
how much i've become empty.
I might be leaving soon.

My dreams full of what's not real
I'll fly away and save the world.
I'll make you proud someday,
I just won't be around to see your face.
My life is full of what's not here,
I'll go away and save myself.
I'll make you proud today,
I just won't be around to see your face.

sexta-feira, 12 de junho de 2009

Feliz Dia Dos Mau Amados

[Sim, fui dramática no título do post mesmo :B]

Eu só queria te dizer que desde o começo foi assim:
Você volta me dando esperanças e sempre vai embora

E agora que você voltou eu não sei o que fazer. Eu não sei no que me apoiar, porque sempre que você volta algo ruim acontece e eu sempre fui o tipo de pessoa que odeia estar errada ou cometer erros.
Mas eu sempre gostei do caos, da bagunça, da desordem que os erros trazem pra nossa vida. Um frenesi que eu adoro observar.
E você, sempre a pessoa que mais cometeu erros, que mais mergulhou nesse caos e desordem, que me fez confrontar uma realidade que eu preferia não enxergar.
Porque na sua realidade as coisas são distorcidas à sua maneira, à seu favor e eu sempre sou a bruxa que constantemente mexe com sua cabeça e te deixa confuso.
Essa é nossa diferença: Eu te confundo e você é minha confusão.
E eu sei como vai ser o final e eu consigo pensar em milhares de razõs para fugir disso, desse caminho estúpido... Mas nenhuma delas me detém, porque por mais que eu saiba como começa e como termina...
Eu adoro como se desenrola.
E eu sempre saio magoada? Sou apenas mais uma pobre alma, que cai na mais doce tentação do diabo.

Então, se você sabe como isso vai terminar.
Por que não vai embora de uma vez?

quarta-feira, 10 de junho de 2009

Véi, eu te detesto, na boa.

Cara... na boa?

Eu te detesto.


Como é que você faz uma coisa dessas comigo?
Você acha mesmo que pode aparecer DO ALÉM, virar meu amiguinho e depois ficar nessa palhaçada?!
Ou será que você realmente acredita que tudo está bem como antes?
Ah, espera...

Sabe qual a impressão que eu tenho?
A impressão que eu tenho é que você mente pra mim.
Mente, engana e evita.
Além de estar estranho... AHHHHHHH, e bota estranho nisso!!!

No final das contas, eu nem devia ter comentado sobre aquilo. Sério mesmo.
Se eu soubesse que ia causar tanto rebuliço assim e, se também soubesse que você é mais complicado que eu, não teria dito naaada (na-da). Teria ficado na minha, remoendo-me de arrependimento até o fim dos tempos.
Sabe por quê?
Porque pelo menos continuaríamos DE FATO como estávamos antes e deixaríamos as coisas tomarem seu curso natural... Como você disse que seria.

Sabe o que me irrita?
É que você nem me deixou explicar!!!
Você já foi tirando suas próprias conclusões, já foi tacando bomba em cima de mim, sem ao menos me perguntar se era aquilo mesmo que estava acontecendo!
E pior, me pegou desprevenida!!!
Não consegui nem raciocinar direito na hora.

Receio você não cumprir sua palavra também.
Falou e falou taanto... Prometeu-me e instigou-me de várias maneiras. Cheguei ao ponto de 'aturar' o meu dia só pra conversar contigo depois.
Deplorável, eu sei.
Mas é fato.
Sinto-lhe dizer.


Tenho muito o que falar ainda... mas como meus olhos ardem e, no momento, estou farta de falar sobre isso, fica pra uma próxima.

E, pra finalizar...
Que Odin e todos os Æsir abençoem a banda Samael.

Tolices

São tolices
Que penso sobre você
Você não pensa em mim
Por que andamos na mesma rua?
Vivo Sonhando
Imaginando você
Imagino pegadas
E as vou seguindo
É tolice eu sei
Você não sente os meus passos
Mas eu imagino
Mas eu imagino (2x)
São tolices
o que penso sobre você
Você não pensa em mim
Por que andamos na mesma rua?
Vivo Sonhando
Imaginando você
Imagino pegadas
E as vou seguindo
Um olá talvez
Mas para mim de nada vale
Isso estragaria
O meu "faz de conta"
É tolice eu sei
Você não sente os meus passos
Mas eu imagino
Mas eu imagino (2x)

segunda-feira, 8 de junho de 2009

I am the girl you know you can't look in the eye...

I know.
I swear. I really know.
I always pretend it's all right.
I've hurted so bad people who i think i love.
I've already hurted because i wanted to.
But if only you could stay and sit,
and for a while see right through me,
maybe you could see beyond these things that made me so mean.
Or just prove to ouserlves that i have no salvation.
Somehow, you don't wanna look.
Never stay.
Always go away.
I am the girl you know can't look you in the eye.
I am the girl you know so sick i cannot try.
I am the one you want can't look you in the eye.
I am the girl you know i lie and lie and lie.
I'm miss world, somebody kill me
Kill me pills, no one cares my friends
I'm miss world, watch me break and watch me burn
No one is listening my friends.
I make my bed i lie in it.
I make my bed i die in it.
Kill girls watch;

When i eat ether
Suck me under, maybe forever my friends


I hate the word "save".

sábado, 6 de junho de 2009

Hm, Piazza, New York Catcher

Fuja comigo e navegaremos pelo mundo. Serei seu Ferdinand e você minha garota instável.
Quantas noites de conversas em quartos de hotel você aguenta?
Quantas noites de moleza em feriados pagãos?
Fuja comigo em segredo e escolheremos algo empolgante, um caminho para o diabo apagar.
São Francisco nos chama, os Giants e Mets irão jogar. Piazza, receptor do New York, você é hétero ou gay?
Andamos pelo estádio, mas não temos lugar pra ficar. Andamos pelo espaços e gentilmente você fala sobre o livro mais triste que você já leu, que sempre te faz chorar.
A estátua está chorando também, e bem, ela pode.
Eu te amo e tenho uma caricatura de seu lindo rosto.
Eu te amo, minha responsabilidade encontrou um lugar ao seu lado e avisos fortes cobertos de palavras gentis me cobrem com os absurdos da família "Você tomará conta dela, sei disso, você fará um trabalho melhor". Talvez, mas não o que ela merece.
Fuja comigo e beberemos para nos manter acordados.
Experimentaremos as cafeterias e os certificados de qualidade;
Um lacre secreto para manter a sensação ao estilo de 1960.
Comentaremos sobre a decoração e ajudaremos um transeunte, e ao crepúsculo, quando o trabalho terminar, continuaremos o debate num pequeno quarto alugado.
O receptor tenta um .318 e o consegue todos os dias.
O arremessador põe a religião em prioridade e descansa nos feriados.
Ele entra em catedrais e deita estatelado no chão.
Ele sabe que a bebida afeta sua velocidade e está rezando por uma saída de volta para a vida que ele quer, e se confessa no banco.
A vida fora do diamante é dureza.
Queria que você estivesse aqui comigo para passar o fim de semana maçante.
Eu sei que não viríamos a amar, minha heroína finge os passos de uma senhora nas canções que nós amamos até este dia.
Você escolhe um epitáfio como "Vá embora, Renee", o sol sobre o telhado no inverno te arrancará daqui como uma flor.
Te encontro na estátua em uma hora.