quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Conspiração Tecnológica

"Belle.Sorceress diz:
Más novas: estou passando por um período difícil da minha relação com o meu namorado (namorado = pc)... Estamos dando um tempo, sabe? Um tá ignorando o outro e talz.... Ele nem quer falar comigo T.T"
Como se não bastasse as conspirações tecnológicas contra mim (a relação que citei acima é apenas UMA das conspirações), descobri recentemente que passei a ser uma "sem-passado" (a Tam sabe do que estou falando).
Você sabe o que é ter tudo, TUDO, T-U-D-O, apagado? Desde fotos de um passado remoto até suas mais recentes histórias? Pooois é, se não sabe, nem queira saber... É mais do que frustrante u.u
Maaaaas, temos que seguir com a vida né.... xDDD (rir pra não chorar)
Portanto, declaro que estou passando por um período de transição no momento. Por quê?
Porque estou me preparando para uma nova era (hoho).
Sabe, confesso a vocês, que no fundo no fundo, eu anseiava por mudanças 'radicais' (por mais dolorosas e "sem-passado" que sejam... :S).
Enfiiiim...

Lição de hoje e sempre: Nunca, NUNCA, confie no seu aparelho eletrônico, qualquer que seja ele.

OBS: Ah, e eu te detesto ¬¬° (e não Tam, não é quem você está pensando).
A pessoa detestada saberá que é ela... ou não.
Provavelmente não, pelo que 'conheço'... -.-'

terça-feira, 25 de novembro de 2008

Three cheers for one whole year

I swear that you don't have to go
I thought we could wait for the fireworks,
I thought we could wait for the snow,
I thought I could live in your arms and spend every moment I had with you
Stay up all night with the stars, confess all the faith that I had in you.

Too late, I'm sure and lonely. It's just another night, another dream wasted on you... Just be here now against me. And for heaven's sake I know you're sorry! But i won't stop crying… This anniversary may never be the same. Inside I hope you know I'm dying, with my heart beside me in shattered pieces that may never be replaced.
And if I died right now you'd never be the same.

I thought with a month of apart, together would find us an opening…
And moonlight would provide the spark…
And that I would stumble across the key or break down the door to your heart.
Forever could see “us” not “you and me”, and you'd help me out of the dark,
and I'd give my heart as an offering.

And I will always remember you as you are right now to me…
And I will always remember now.

Sleep alone tonight with no one here just by your side.
How does she feel, how does she kiss?
How does she taste while she's on your lips?
I can't forget you, I know you want me to want you
I want to.
But I can't forgive you, so when this is over don't blow your composure baby
I can't forgive you
I know you want me to want you… I want to.

One year ago I was simply flying high, with your hands in mine and your mouth in my ear.

sábado, 22 de novembro de 2008

Idiota e inalcançável

Por que ser só mais um idiota inalcançável seria o exato oposto daquilo que eu precisaria para amar você.
Mas você não se contentou com o esteriótipo feliz e sonhador que eu transmitia,
você viu que debaixo de tudo aquilo tinha medo e cicatrizes e eu era sua menina.
Menina demais pra sentir tudo isso.
E me fez vulnerável, me fez confiar em você.
E como se não bastasse ser o homem mais lindo que eu já tinha visto,
resolveu me mostrar que era a alma mais evoluída
que habitava os confins de um universo tão distante do meu.
Eu odeio a maneira como você sempre me decifra,
como você é o único que sempre vai me entender,
mas eu te odeio mais por ter me feito amar você,
sendo assim,
idiota e inalcançável.

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Dark Angel.

Estava conversando com você, anjo, sobre a vida e as coisas que acontecendo. Falamos sobre amores e amados e você, meu anjo, nunca falou de mim.
Meu anjo, anjo meu, que diz que é anjo mau e que felicidade nunca pôde conhecer, se você apenas se olhasse e visse o que o mundo tem a oferecer.
Ó, meu querido, já te ocorreu que ainda existem pessoas que não vão te machucar? Já te ocorreu que essa dor, você que insiste em procurar? Por que você, quando tem milhares de caminhos pra escolher, cisma em tomar o o mais tortuoso, o mais distante de mim?
Eu só queria que você visse, anjinho, que nem tudo é sofrimento, nem tudo é decepção, então por que quer isso pra você? Já te ocorreu que existe alguém por esse mundo que está disposta a tirar esta dor e ser o seu remédio?
Mas e agora, meu anjo, cadê você?
Não me lembro a última vez em que nos falamos assim.
E você, meu anjo, onde está?
Sumiu neste mundo para não mais voltar?

sábado, 15 de novembro de 2008

Da aurora ao crepúsculo


Eu sei que você foi o único que olhou através da minha alma
e não viu um borrão de cores e texturas,
de sentimentos e amarguras que eu devia saber que resultariam no fim.
Eu sei que por um momento você me achou bonita,
mas eu era só mais uma conquista,
patético como você ainda faz parte de mim.
E foi assim, seguindo auroras que nos conhecemos. Nossos corpos suados se reconhecendo
no banco de trás de um carro. E o gosto da bebida e do cigarro feitos sob medida
pra minguar a solidão.
E quanta coisa estúpida você dizia,
você era um homem que ainda via
o mundo como um girar de um peão.
E eu não sabia como dizer não.
Eu disse então.
E aí tudo ficou borrado, todos os meus sonhos estavam maculados no chão.
Você ficou lá petrificado,
me encarando como se eu tivesse feito algo errado
contando aos teus ouvidos uma doce ilusão.
É. Aí eu fui dormir.
E lembrei quem eu queria que estivesse ali
Desculpa, amor, não era você.
Ele era pro teu azar, o seu oposto
Por isso não adiantava sentir o gosto
dos seus lábios mentirosos que insistiam em permanecer.
Você era bem mais bonito, mais velho que ele
Mas ele me deixava a flor da pele
Ele nunca ia me notar como você fez.
Ele era esperto e não falava besteira
Não ficava por perto, e não é que eu não te queira
É só que eu o amo, outra vez.
Ele me tem desde o começo
É como as continhas de um terço
Aonde cada parte de mim resulta nele, que é a cruz que eu carrego.
Entenda, o crepúsculo lá fora
prova que é tudo pequeno agora
perto desse amor que pra ele eu nego.
Entenda, eu não queria ser essa megera
ou fazer dele minha amarga quimera
e dar pra ti uma chance, quem me dera!
se ele não tivesse tudo de mim.

Fecho a porta, por que se você entrar, vai colocar pro lado meu cabelo,
beijar meu pescoço e arrepiar meu pêlo
e ver que agora eu sou só gelo e desejo
Mergulhados num copo de gim.
E que ele, que nunca vai voltar,
ainda tem tudo de mim.

terça-feira, 11 de novembro de 2008

Rehab

{And I'll never give myself to another the way I gave it to you
You don't even recognize the ways you hurt me, do you?}

Hoje eu acordei com o seu cheiro. Você estava do meu lado e eu conseguia escutar apenas o barulho da chuva, eu me apoiei na janela e um raio iluminou seu rosto. Eu sorri e me deitei ao seu lado.
Você estava bebendo e eu pensei que isso nunca fez de você alguém diferente. Eu olhei nos seus olhos e foi aí que eu percebi, seus lindos olhos ainda brilhavam por ela, não por mim. Você me via como a boa amiga que eu era e isso nunca ia mudar. E isso me irritava, porque você estava bebendo e seus olhos mantinham-se perfeitamente sóbrios e você me olhava como a pessoa que te ajudava durante suas crises emocionais... Isso nunca ia mudar.
E quando finalmente consegui parar de encarar seu rosto lindo, pude me focar no que você falava... No quanto você gostava de alguém, no quanto você apreciava a presença de alguém.
Será que finalmente você tinha mudado?
Será que aqueles olhos assustadoramente sóbrios estavam mudando suas percepções sobre mim?
Será que finalmente você me viu do jeito que eu queria?
Foi aí que você me disse palavras bonitas, dizendo que eu era a dona do seu coração para todo o sempre e que você me enxergava desde o primeiro dia. Me disse coisas inimagináveis e eu me peguei pensando... Seria isso um sonho?
O cheiro do álcool foi desaparecendo aos poucos...
O barulho da chuva se intensificava...
Você se transformou em apenas uma imagem borrada, foi embora, deixou-me vazia.
Tornou-se aquela doença incurável e eu não sei mais o que fazer.
Porque eu sinto seu cheiro em todo lugar, eu te vejo em todo lugar.
E eu constantemente me pergunto:
Será que um dia isso vai parar?

sexta-feira, 7 de novembro de 2008

You smile and I deserve better than this

Eu costumava fazer a luz brilhar para você...
Mas o sol deixou meu céu.
A parede sufocou meus sonhos, eu sacrifiquei meu orgulho.
Eu deitei para dormir à noite, e eu sei, você esteve planejando tudo na sua mente e agora você jogou tudo fora.
Uma memória destruída de que você permaneceria, sendo grosso e delicado comigo.
E quando você sente a dor
(Estou desejando poder ficar)
Como eu posso dizer eu te amo de volta?
Você nunca me fez feliz

Um dia você disse “nós somos completamente diferentes, vivemos em mundos diferentes”
Você... sabe que nós somos diferentes.
E todas as horas você me prometeu que tudo funcionaria no final...
Você estava gravemente errado.

Você se deitou pra dormir. Eu nunca disse que isso não machucaria.
Você desistiu de tudo. Eu nunca disse eu daria pra trás.
Eu sei, você nunca irá mudar
Eu não serei boa o bastante para você
Eu sei, você fez isso acabar
(eu não estarei por perto para ver e agora você jogou tudo fora)
Uma simples memória destruída de que você permaneceria, sendo grosso e delicado comigo. Você está desistindo.

De mim.

segunda-feira, 3 de novembro de 2008

Lisa, my star

Lisa, pq vc me disse todas aquelas coisas?
Qual reação vc esperava de mim? Vc quebrou sua promessa, vc disse nunca iria me magoar, mas vc me magoou.
Mas, Lisa eu te perdoou, pq de muitas maneiras verdadeiras, eu te amo. Não como vc queria Lisa, mas, por favor, não pare de brilhar pra mim. Eu sei que não é o suficiente, mas é o que eu tenho a oferecer.
Lisa, vc não é minha, mas podia ser, seu rosto é familiar e adorado. Agora eu preferiria que vc me pertencesse, mas vc se foi depois de tudo que vc me disse, vc foi embora.
Lisa, vc sabe. Vc é meu conforto, meu porto seguro. Eu sei que a princesa que eu esperava nunca mais irá voltar, então, pq eu não me agarrei a vc ao invés de te deixar ir também?
Lisa, querida, eu sinto muito. Como te fazer entender? Eu me tornei alguém vazio e quebrado, prestes a se defender com o mínimo de contato possível.
Lisa, vc merece tanta coisa que está fora do meu alcance... talvez se eu deixar minha posição mais clara, assim vc me entenderá e me abandonará definitivamente.
Só de imaginar isso já me faz tremer.
Eu não quero que vc vá, Lisa. Eu preciso muito de vc e eu sei q isso é egoísta.
Volte a brilhar pra mim.
Vc é minha amiga, minha confidente. Eu queria que vc fosse minha pequena, minha pequena como minha irmã, assim eu teria total controle sobre vc.
Agora vc entende? A gente passa por tudo.

Volte a bilhar pra mim, minha estrela.