segunda-feira, 23 de agosto de 2010

I was just a jerk playing with the matches

Eu te odeio um pouco hoje por ter me tornado essa coleção de patetismos que me permitem ter um pouco da sua atenção. Alguma coisa dentro desse meu corpo muito pequeno insiste em querer que você faça parte da minha vida como algo além de encontros casuais da vida, e não é nem que eu pense em você antes de dormir - porque eu não penso - ou lembre de você durante alguma aula monótona - porque rara são as vezes que lembro. A verdade é que você tem tido pouquíssima participação na minha existência, mas não adianta, eu sei que eu acredito, nem que seja só durante um segundo perdido dentro de uma semana inteira, eu acredito que você sempre age desse jeito louco porque também quer um pouquinho da minha atenção de um jeito diferente ou maior do que eu estou disposta a te dar, querendo ter certeza que eu ainda gosto de você, pelo simples prazer de consegui-lo. E eu não sei quanto tempo nós dois aguentamos ficar nesse joguinho de forças, mas hoje eu queria não ter que aguentar, pelo simples fato de que hoje, nesse exato minuto, eu te odeio ao invés de simplesmente nem lembrar da sua existência.

3 comentários:

  1. Hi,how are you today?I have surfed your blog serveral times, your blog is great and having a lot of intresting things. If you have time, you can visit my blog and feel free to give me some comment, more important thing is being my follower! Thank you very much.

    (My blog is sharebooksreview.blogspot.com)

    ResponderExcluir
  2. WOOOOW! Que ser brotante HSAUHASUHASUHAS
    Reconhecer que odeia a pessoa é BEM pior. Porque além do "ódio", você ainda se culpa por reconhecer mais a existência daquela pessoa do que ela merece.

    ResponderExcluir