quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

He makes you fall in love and then he breaks your heart.

Você vive contando a si mesmo uma patética desculpa para não ser suficientemente homem, Thiago. Não se entrega de verdade á ninguém e se penetra nessa artificial alegria, que na verdade é só uma justificativa pra minguar sua solidão.
Sério, haha, é ridículo. RIDÍCULO.
O jeito como você se prende á qualquer coisa que não tenha significado algum pra você somente pra evitar enxergar a realidade.
Você costumava ser O garoto. Aquele que tornava a existência de príncipes encantados um pouco mais tangível, mas agora você é só mais um garoto abominável.
Sem coração, sem liberdade, sem pensamentos próprios, você não se difere de um animal e é até bom porque assim você se iguala á ela. Dois animais patéticos e dispensáveis se merecem.
Você é mesquinho, se faz de vítima e é o pior dos culpados pela sua própria infelicidade.
O seu problema, Thiago, é que você vive com um 8. Se alguém te perguntasse três anos atrás ou hoje quanto de dor você sente de 1 á 10, o que você diria?
A verdade é que você vive sentindo um 8. E tá tão acostumado a sentir dor, que não percebe que tá sofrendo o mesmo tanto de sempre e só se enganando pra posar de normal. Você não gosta dela e ela não gosta de você. Quem gosta não prende ou se submete, é uma questão de divisão e não de controle, seu idiota. Então, vai... Vai embora de uma vez porque o garoto que eu conheci foi embora e o que restou dele foi essa carcaça morta, a sombra da pessoa que você costumava ser e com esse Thiago novo eu não me importo nem um pouco.
Você gosta de se sabotar, você curte quem não te curte e maltrata quem tá perto e te ama. Acha que tá menos solitário com ela, ma chér? Você só está se isolando mais. Então que um a um todos os que te amam te esqueçam. Por que se você não sabe valorizar quem tá do seu lado de verdade, então FODA-SE GRANDÃO, SEU RETARDADO.
Uma hora você acorda desse pesadelo que você criou pra si, só toma cuidado pra não ser tarde demais.
E você vai ter que ser muito melhor do que era pra ver se compensa toda a dor e mágoa que você causou. Perceba que a única pessoa que te acompanha do início ao fim é você mesmo, e se você não se orgulha do que é, ou tenta se tornar uma pessoa diferente, então sua vida só vai ser mais impossível do que é.
Cresce, garoto.
É só o que eu te peço.

Filosofia do Amigo

Billy:
"- Puro-Osso, eu sei que a Mandy é má e o Irwin é carente, mas eles são assim. Às vezes, nossos amigos são gente que nem a gente gosta. Se tem uma coisa que eu aprendi destruindo Jaquelino, me escondendo no seu baú até Marte e voltando no último instante para salvar o planeta, foi que podemos escolher amigos... e tirar melecas... mas não podemos tirar melecas dos amigos, você tem que deixar eles serem quem são ... e tirarem sozinhos."
Filosofia do Amigo, de Billy.

AS TERRÍVEIS AVENTURAS DE BILLY E MANDY! 8D
(isso que é cultura... xD)

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

Se você ainda estivesse aqui

Se você estivesse aqui você me diria, como sempre fazia, "me liga qualquer coisa ou manda mensagem" não importava a hora nem o lugar. É, eu já fiz isso só pra comprovar.
Se você estivesse aqui eu iria te contar tudo nos mínimos detalhes, você nunca fez objeção ao meu falatório perfeccionista. Pelo contrário, exigia os detalhes.
Se você estivesse aqui você daria sua opinião masculina sobre o assunto. Você nunca me deixaria vacilar, e você me falaria a verdade.
Se você estivesse aqui, você não deixaria que eu me autodesprezasse, encontraria algo salvo de bonito em mim. E me faria quase acreditar.
Se você estivesse aqui você iria rir e me contar as merdas que você fez, seus desejos, seus medos. Você iria confiar em mim, de novo.
Se você ainda estivesse aqui, falaria comigo até ter certeza de que eu estou bem e que eu já afoguei todas as minhas mágoas. Você faria aquelas piadas toscas no telefone e daria aqueles risinhos.
Se você ainda estivesse aqui você iria me encontrar na escola, andaríamos um pouco e encontraríamos alguns amigos.
Se você ainda estivesse aqui você viria aqui em casa e nós iríamos alugar algum filme e tocaríamos violão juntos.
Se você ainda estivesse aqui você apertaria a minha mão rapidamente como de costume, não um abraço apertado.
Você vibraria comigo nas minhas vitórias;
Você me ajudaria a enfrentar os momentos difíceis (eram especialmente neles que você sempre aparecia como personagem principal pra que eu ficasse bem);
Você ainda me chamaria por aquele apelido;
E eu continuaria te tirando.
E seria assim sempre.
Você e eu.
Porque era assim, sempre foi.
Impossível de se odiar.

sábado, 21 de fevereiro de 2009

2:34

"Gabi é uma amiga diz:
IJASSAHOISUAHSAIUHSAOIUH
Eu gosto desse

*emoticon de um boneco de palito chutando outro boneco de palito do abismo*
Belle.Sorceress diz:
8DDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDD
eu tinha... mas numa daquelas crises de personalidade do meu pc acabei perdendo
Gabi é uma amiga diz:
IUHASIUSHAIUASHIUSAHSIAUH
Seu namorado ainda te contraria?
Belle.Sorceress diz:
não mais... :]
passamos a frequentar terapias de casal
e hj em dia vivemos um feliz relacionamento *-*

Gabi é uma amiga diz:
IUHAIUHSIUASHIUASHAISUH
Terapias de casal?
IUASHUISAHIASUHSIAUSAIH

Belle.Sorceress diz:
xDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDD Gabi é uma amiga diz:
Sabiia que terapia salvava os casais
Belle.Sorceress diz:
sou prova
somos né *
mas sabe que ele até apóia meus estudos o.o
ele vem me dando força até
só esses últimos dias que ele andava meio carente e eu tbm... mas nessa semana do Carnaval ele fala pra eu pegar os livros que ele não se incomoda...
tem namorado melhor? *-*

Gabi é uma amiga diz:
IUAHSIUSHIAUSHSIU
Não
Que compreensivo
*-*
Belle.Sorceress diz:
muito, ele é um amor *-*
agora né
graças aos dircursos e reflexões que a Dona Teretitéia nos fez passar nas terapias intensivas

Gabi é uma amiga diz:
HUASHASUHASIHSAIUHSAIUHASIUHAS
Teretitéia?

Belle.Sorceress diz:
é... o nome dela é uma mistura de hindu com espanhol, sabe?
ela explicou mas nem entendi direito

Gabi é uma amiga diz:
IUHSOIUHAOIUHSAOIUSAHIUHASOIUSAHIUASHOIUHASOIUSAOHU
Belle.Sorceress diz:
xDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDD"



É por isso que criança deve dormir cedo...

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

You have me forever, babe, but you'll lose me if you call this love.

Ele olhou para mim naquela tarde ensolarada cobrando uma resposta de mim naquele momento.
- Você me beijou. - Eu disse com uma cara ainda cética.
- Sim. Eu beijei você. O que você fará em relação a isso?
- Você perdeu a cabeça, perdeu o controle. Não é como se você me amasse. Foi desejo simplesmente, não foi?
- Não, não foi. Sempre fui apaixonado por você.
- Apaixonado? Por mim? - Eu não podia impedir o riso até que eu assisti-lo me olhar estático.
- Eu estou falando a verdade. Eu amo você, Cécile.
- Então me explica o que é esse amor, Michel.
- Eu não vou saber te explicar, Cécile.
- Então é por que o que você sente não é amor.
- É amor. Por Deus. É amor!
- O que é amor, Michel?
- Isso que eu sinto, Cile. Essa vontade de estar com você, essa necessidade de te ver feliz, essa estúpida mania de só pensar em você, no seu rosto, na maneira como você fala e canta. É isso, Cile.
- Amor? Isso é amizade. Você não vê?
- Isso não é amizade, Cile. Não quando meu coração se parte em pedaços quando você não está perto, não quando eu sofro com a idéia de não poder te amar como eu quero, não é amizade, Cile, por Deus! Não quando tudo o que eu quero é beijar seus lábios, é ter pra mim seu corpo, sua alma. É saber que nada no meu futuro vai ser fácil, mas que você é a pessoa que eu quero que veja tudo o que eu vou passar. É, saber, Cile, que eu vou te magoar e te decepcionar muitas vezes, mas nunca intencionalmente. Eu não sou mais um cara na sua vida, Cile. Eu sou aquele com quem você vai querer estar. Isso por uma única razão, meu amor. Por que isso não é amizade, isso é amor. Genuíno. É algo que machuca lá dentro e só você poderá curar a mim e eu a ti.
- Você está dizendo então que o amor é uma dor? Uma ferida profunda na alma, uma necessidade de compartilhar o que somos com outro alguém até o fim?
- Sim, Cile. Isso pra mim é amor.
- E é isso o que eu causo em você?
- Sim. Por isso eu te beijei.
- E me perguntou o que eu faria sobre isso, certo?
- Certo.
- Michel, nós somos melhores amigos há anos, não somos?
- Você sabe que somos.
- Eu não arriscaria tudo isso pra sentir dor.
- Foi isso que eu imaginei.
O silêncio foi inevitável. Eles estavam sentados num banco de uma praça e muitas pessoas trafegavam na rua. Uma moça loira carregando um carrinho de bebê, crianças brincando e correndo de um lado pro outro, um casal de adolescentes apaixonados e no banco embaixo da árvore um senhor lia o jornal sem saber das dúvidas que laceravam o coração de Cécile e Michel. Foi aí que ela o olhou e se aproximou do rosto dele, tão perto que seu coração explodia dentro dela e ela podia ouvir claramente a respiração que saía do peito arfante do seu amigo. Tão perto, mais perto e finalmente o beijo.
- O que você está fazendo, Cile?
- Eu quero a segunda parte.
- Segunda parte de que?
- Eu quero dividir minha vida com você e só com você, Michel. Mas eu não quero dor. Eu quero te curar, anjo. Eu não quero sentir dor, me entende. Você sabe que eu sofri demais e o quanto eu tenho medo. E eu sei que você sente o mesmo e admiro sua coragem de ter me contado isso. Então você me tem pra sempre, meu bem, mas vai me perder se chamar isso de amor. Por que enquanto amor pra você for dor, eu não quero ser a pessoa que causa isso. E com toda a minha má sorte, eu acredito que o amor sempre acaba. A única coisa que eu não quero é te ferir. Então me promete, me promete que isso não é amor.
- Isso não é amor, eu prometo.
Ele disse e a beijou demoradamente. Quando o beijo cessou, ele estava acariciando o rosto dela enquanto ela gentilmente repousava a cabeça no ombro dele. Era como eles fariam pra sempre dali em diante.

[Estou romântica hoje, folks. E ia postar em francês mas o google traduz estranhamente, entonces não o fiz. u.u]

terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

assim tá foda

(música do meu momento :")


Mais difícil é saber que é verdadeiro e não poder sentir
Ver que o outro sente o mesmo, mas não é por ti
E ter que esconder
E não poder demonstrar
Mentir pra você
Fazer o outro acreditar
Platônico até pode ser. Platônico, mais do que eu deveria sentir.
Olhar suas fotos e imaginar você aqui. Saber que sente o mesmo mas não é por mim
E se perder no meio de uma ilusão
E não querer sair dessa confusão
Platônico até pode ser. Platônico, mais do que eu deveria sentir.
E eu espero por você o tempo que for, com medo de não acontecer
mas eu estarei aqui (até o fim) eu estarei aqui.
Platônico até pode ser, não é normal o que eu sinto por você.
Mais do que eu deveria sentir... mais do que eu deveria...



[It's getting fucking hard to get closer]

sábado, 14 de fevereiro de 2009

Brand new me

"You've already won me over in spite of me. Don't be alarmed if I fall head over feet, don't be surprised if I love you for all that you are, I couldn't help it. It's all your fault"

This is my same old coat and my same old shoes
I was the same old me with the same old blues
Then you touched my life just by holding my hand
Now I look in the mirror and see a brand new girl
I got a brand new walk, a brand new smile since I met you baby
I got a brand new style just because of you, boy.
I got the same old friends, they got the same old sins,
I tell the same old jokes, give the same old grins
But now the jokes sound new and the laughter does too, everyday of my life as fresh as morning dew just because of you, boy.
I go to the same old places, see the same old faces, look at the same old skies
See them all with brand new eyes.

sábado, 7 de fevereiro de 2009

words meanless

"Blackbird singing in the dead of the night. Take these sunken eyes and learn to see"

É engraçado, vc é o tipo exato de pessoa que eu li em um livro.
Vc não tem nada de especial. Vc se confunde no meio da multidão, principalmente quando veste roupas normais e seu cabelo está devidamente cortado.
De fato sua habilidade musical era superior à média. Mas, de algum modo ele conseguia parecer uma simples parte do cenário, mesmo quando estava na frente de uma fila. Vivia apenas por ali, sempre. Indigno de nota. Não importante nem particulamente valioso. E o frustrante nessa aparência, como vc pode imaginar, era ela ser completamente enganosa, digamos. Decididamente, havia valor nele. O jeito dele. O ar tranqüilo perto dele.

É quase como se eu pudesse ver o futuro, e uma canção delicadamente entoada por uma voz um pouco nervosa, um pouco arrependida.
"I'm a loser, I'm a loser and I'm not what I appear to be. Of all the love I have won or have lost, there is one love I should never have crossed. She was a girl in a million my friend, I should have known she would win in the end. I'm a loser, and I lost someone who's near to me, I'm a loser, and I'm not what I appear to be. Although I laugh and I act like a clown, beneath this mask I am wearing a frown, my tears are falling like rain from the sky, is it for her or myself that I cry."

É quase como se eu quisesse que seu arrependimento batesse forte e te massacrasse. Muito. Lá no fundo. Nos seus mais obscuros pensamentos isso te batesse e te fitasse. O erro. O cinismo.
E vc lembrasse de alguém que sempre foi maior que tudo isso. Que nunca ligou para quando vc dizia seus sentimentos unilaterais, que nunca fez o que vc fez.
"When i think of all the times I´ve tried so hard to leave her. She will turn to me and start to cry and she promises the earth to me and i believe her. After all this time i don't know why. She´s the kind of girl who puts you down when friends are there you feel a fool. When you say she´s looking good she acts as if it's understood, she´s cool."

Quando tudo começar do zero, vc não será mais nada do que apenas mais um no cenário. Novamente. E seus olhos brilharão com as mais simples das coisas. Novamente.
E nós estaremos lá, de algum modo, te reprovando com os olhos, mas bem em frente a vc. Como sempre.
Não digo como algo que é dito todos os dias, repetidos nas entrelinhas, porque vc já deve saber que a superação vem com o tempo. E que as memorias se esvaem cada dia que passa cada vez mais.

E não demorará muito, mas também não tão logo, vc estará entoando essa canção, Arschloch.
"Anna, you come and ask me, girl to set you free, girl. You say he loves you more than me so I will set you free. Go with him. Anna, girl, before you go now I want you to know now that I still love you so but if he loves you more, go with him. All of my life I’ve been searchin’ for a gir to love me like I love you. Now... but every girl I’ve ever had breaks my heart and leaves me sad, what am I supposed to do?"

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Campanha DDSUPDFTCSECEIG


CAMPANHA DDSUPDFTCSECEIGVT
(Deixe De Ser Uma Porta De Ferro Trancada Com Senha E Chave E Identificador Genético Você Também)!!!
:D




"Gabi Murphy CULLEN diz:
É melhor se arrepender de algo que a gente quer fazer e faz do que o contrário
querer fazer e ser..hm
porta. i.i
Belle.Sorceress diz:
vivem me dizendo isso
eu me sinto uma porta, Bibs
e daquelas de ferro, que quase não se move

Gabi Murphy CULLEN diz:
"e daquelas de ferro, que quase não se move"
MORRI
Eu tbm sou porta
De ferro trancada com senha e chave e identificador genético

Belle.Sorceress diz:
somos duas, amiguinha
vamos fazer a campanha: "DEIXE DE SER UMA PORTA VOCÊ TAMBÉM"

Gabi Murphy CULLEN diz:
HAUUAHUHUHUHUHUAHUHahuhah
bora
Belle.Sorceress diz:
xDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDD
"Deixe de ser uma porta de ferro trancada com senha e chave e identificador genético você também!" soa melhor?
xDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDD

Gabi Murphy CULLEN diz:
A campanha DDSUPDFTCSECEIG
AHAZOOOOOOOOOOOOUUUUU

Belle.Sorceress diz:
xDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDD"

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

It's Cool, We Can Still Be Friends

Sim, você ainda me beija, mas só na bochecha
Sim, você ainda me beija às vezes, mas só na bochecha
Você se afasta tão facilmente
E eu ainda te ligo, mas vou pra sua caixa postal
E eu ainda te ligo, mas vou pra sua caixa postal
E se eu tenho sorte eu acho, eu pego seus companheiros de quarto respondendo
Mas você está bebendo, ou na casa da Gene
E nós saimos para jantar, mas você não segurará minha mão
Nós sentamos à mesma mesa, mas nós não brincamos com nossos pés
Sim, nós ainda vamos às vezes jantar, mas nós não roubamos um beijo quando a garçonete se vira
E nós ainda assistimos filmes, mas nós não compartilhamos o sofá
Sim, nós ainda assistimos filmes às vezes, mas você não se deita em meu colo
Tudo está lento, tire uma soneca
E você fica até mesmo em cima, mas agora nós ficamos em nossas roupas
Sim, você dorme até mesmo em cima às vezes, mas nós ficamos em nossas roupas
Eu simplesmente estou lá de forma que você não está só
E você diz que eu te machuquei, em uma voz como uma oração,
Sim, bem talvez eu te machuquei algumas vezes, mas vamos contrastar e comparar
Levante sua camisa, a ferida não está aqui
Eu acho que sua verdade, é apenas o fantasma de suas mentiras
Sim, seu tipo de verdade, bem, é apenas o fantasma de suas mentiras
Eu vejo através delas toda hora
Assim eu estou bebendo algum whiskey, eu vou me embebedar
Sim, eu realmente vou ficar bêbado pra caralho
Eu estou bebendo um pouco de whisky agora mesmo, eu vou ficar assim, tão bêbado
Que eu desmaio, esqueço seu rosto, até que eu acorde...