sexta-feira, 22 de abril de 2011

New Day

Eu não acredito que você encontrou um outro alguém.
Talvez ela seja melhor, não sei, amor.
Só sei que eu te amei como ninguém
E se me disseres não, não vou me opor.

Só queria, ah, como queria.
Que você visse direito como nós somos.
Que você sorrise ao escutar nossa melodia.
Que você quisesse voltar ao que fomos.

Mas de que adianta se apegar ao passado?
Se agora você só tem olhos pra ela.
Se agora você acha que me amar é algo forçado.
Como um trabalho e eu fico presa, te amando, nessa cela.

Ah, meu querido, se você ainda me quiser.
Não garanto que estarei ainda aqui.
Quero te superar e não te dar esse prazer.
E dizer que você não foi o melhor que eu vivi.

2 comentários: