sexta-feira, 22 de abril de 2011

Dear F.

Ah, você me faz um bem danado, viu?
E só de te olhar quando eu quiser e ver você dormindo do meu lado meu coração perde uma batida porque parte dele foi entregue a você. E era você desde o princípio, meu príncipe, era você que ia transformar minhas lágrimas sofridas e tão desaguadas no maior espetáculo de lágrimas de felicidade.
E eu que sempre achei que os contos de fadas eram pra todos menos pra mim, que pensei que você só existia nos meus delírios e nas minhas fantasias apareceu tão galante me fazendo gargalhar de tanta felicidade e meu mundinho cinza e rotineiro, sem viagens, sem amor e sem companheiros, de repente virou a maior aventura da minha vida, confesso que não sei o que esperar do amanhã...
Mas eu quero que você saiba que eu lhe entreguei a parte do meu coração que lhe cabe, pelo menos por enquanto que está recente e eu não sei se você vai esmagá-lo e rir dessa pobre tola que pensa que ela vive num musical estranho onde só quem canta são os passarinhos da rua. Eu quero que esteja bem claro que você é uma pessoa intensa que está me proporcionando o momento mais feliz da minha vida e eu espero ansiosamente pra ver no rosto dos nossos filhos a felicidade que a gente vive.
Eu nunca pensei que eu pudesse ser feliz assim, querido.
Obrigado por pôr um sorriso no meu rosto toda manhã quando você me abraça e diz: bom dia, meu amor.

2 comentários:

  1. "e eu espero ansiosamente pra ver no rosto dos nossos filhos a felicidade que a gente vive."

    Morri de tanta lindeza.


    "Eu nunca pensei que eu pudesse ser feliz assim, querido.
    Obrigado por pôr um sorriso no meu rosto toda manhã quando você me abraça e diz: bom dia, meu amor."

    Ohh... *-*

    ResponderExcluir
  2. Ai que romântico, Prim. *------*

    ResponderExcluir