terça-feira, 13 de abril de 2010

Storm

Você sabe o quanto foi difícil pra mim chegar aqui sem saber como te dizer tudo isso?
Você sabe que temos todas essas histórias pra contar, do meu lado e do seu.
Você sabe das minhas loucuras, do meu jeito. Me enxergou quando eu mesma não queria enxergar.
As minhas manias parecem ter sido levadas para sua memória de longo prazo e, algumas vezes, eu tenho a impressão que eu te tornei um tanto eu, um tanto meu.
Mas em algum lugar do caminho nossos caminhos resolveram se chocar.
Me choquei.
Tantas conversas, tanto amor pra desperdiçar em momentos como aquele, em brigas desnecessárias, em desconfiança, em silêncio e ausência...
Mas você me mudou completamente. Você tornou amor uma coisa possível pra mim...
Você simplesmente não entende que uma pessoa como eu não estava acostumada a sentir ou, pelo menos, a sentir com essa instensidade. Você foi tudo, você foi amor.
Você me ama, ainda vive falando de mim, mas trouxe machucados que eu até tentei ignorar.
Só que doía demais, dói demais lembrar.
Mas não vou dizer que isso altera o que eu sinto por você. Isso não muda nada.
Como mudar o que é imutável?
Pra mim o tempo congelou na parte em que eu podia contar contigo. Isso nunca me sai da mente.
Eu pude contar contigo.
Eu posso até tentar me convencer do mal que você me causou, mas a verdade é que eu te detesto por me fazer tão bem.
Você sempre foi a pessoa que soube me desvendar, você sempre foi a chave pros meus segredos mais escuros. Eu aprendi muito contigo.
E agora eu estou aqui e cadê você?
Eu ando sentindo a sua falta e de tudo o que nós éramos no começo, antes de vir uma tempestade atrás da outra pra bagunçar tudo...
Mas toda tempestade passa, não passa?
E eu vou continuar aqui vendo o tempo passar...
Mesmo imersa na minha própria confusão, mesmo que te deixar fosse mais fácil...
Eu vou continuar aqui, amando você...




... Até que eu desaprenda a fazê-lo.

2 comentários:

  1. "Eu posso até tentar me convencer do mal que você me causou, mas a verdade é que eu te detesto por me fazer tão bem."

    "E agora eu estou aqui e cadê você?
    Eu ando sentindo a sua falta e de tudo o que nós éramos no começo, antes de vir uma tempestade atrás da outra pra bagunçar tudo..."

    "Mesmo imersa na minha própria confusão, mesmo que te deixar fosse mais fácil...
    Eu vou continuar aqui, amando você..."

    Seja isso bom ou não.


    Senti-me expressada por você nesses trechos, hehe.
    E fico feliz que finalmente tenha conseguido dizer tudo isso! :D

    ResponderExcluir
  2. Sim, até que desaprenda a fazê-lo. Ou não (:

    E fico feliz que finalmente tenha conseguido dizer tudo isso! [2]

    ResponderExcluir