sábado, 3 de abril de 2010

Apólogo de um gênio

– Quando começa a chover é perigoso ficar perto da janela. Tem que ficar longe. Porque a árvore pode cair. Na verdade, ela pode cair qualquer dia que ela quiser, ela só usa a chuva como uma desculpa. Aí a gente pensa que a culpa é da chuva, mas não, é a árvore. A árvore cai e a gente fala "Por causa da chuva! Chuva filha da mãe!", aí a árvore olha e fica quietinha. "Valeu braço", ela agradece pro galho que caiu, e volta pro tronco dela. A gente fica reclamando da chuva, mas não é ela, ela só tá lá chorando, caindo. Depois que a chuva fica triste e vai embora, a gente fica pedindo "Ahh, cadê a chuva?" e não sabe aonde ela foi.

– De onde você tira essas idéias?

– Os elfos me contam. Os elfos entendem tudo da natureza. Aí eles me contam. E confiam em mim porque eu sou um escoteiro.

2 comentários:

  1. AHSUAHSUAHSUAHSUAHSUA
    no fim das contas não é culpa de ninguém. A Natureza é amiga (R)


    Deixa eu adivinhar...
    peripécias de Andrei?
    HSUHSUA

    ResponderExcluir