segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

O Que Eu Amo

Roí unhas, bebi champanhe e coca-cola, comi uvas e muitas outras coisas...
O que eu amo nem sempre me faz bem e eu estou bem consciente disso, mas não importa. Quero ser feliz fazendo o que eu amo, sem pensar em como isso vai repercutir no futuro.
O que eu amo, me vicia e eu estou bem consciente disso, mas eu poderia estar fazendo coisa pior... Ah, se podia, mas eu prefiro ficar sozinha aqui com meu copo cheio de bebida e de esperança, prefiro roer minhas unhas do que deixá-las ficarem enormes e me incomodarem.
Antes isso do que pensar em você, que à propósito, não faz mais parte do que eu amo.

Um comentário: