terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Freund

Eu só queria que você viesse falar comigo, nem que fosse pra saber o que eu acho sobre o tempo ou sobre quais são os meus grandes planos pras férias. Porque você costumava ser meu melhor amigo então isso implica que você costumava ligar pra essas coisas bobas que a gente faz ao longo do dia... Ou das férias.
A realidade é que eu tô sentindo sua falta o tempo inteiro, eu vou até sua casa, eu falo com você, mas existe um abismo entre nós e eu não sei mais como remediar isso. A gente já se desculpou tanto e debateu tanto que nosso abismo constitui nas palavras, gritos e xingamentos silenciosos que a gente lança quando tá perto.
Não é o mesmo, nunca vai ser o mesmo.
Eu queria que você me chamasse pra tomar um sorvete na esquina e me contar tudo sobre seu dia, sua namorada, seus amigos e todas as coisinhas que fazem de você uma pessoa tão especial pra mim... Eu queria que você quisesse ser meu melhor amigo como eu ainda quero você pra ser meu melhor amigo.
Mas nunca vai ser o mesmo, né?

Nenhum comentário:

Postar um comentário