terça-feira, 17 de janeiro de 2012

A cada dia, um novo passo.

Em dias como esse, parece que meus sonhos são grandes pra miudeza que é minha vida.
Eu acordo e gosto de ficar um pouco deitada, agradecendo em silêncio pela nova oportunidade.
Ainda não saí do país, ainda não aprendi francês e italiano, ainda tenho que estudar muito pra ser alguém e fazer a diferença ainda que de forma simplória, quero ajudar os outros. Não só isso, existem sempre aqueles sonhos empoeirados, esperando a sorte soprá-los e dar a eles vida nova e concreta.
Tem gente se preocupando com estupro no BBB, com o cabelo, e eu aqui, minoria, pensando "que dádiva me é dada todo dia, de ter meu peludinho pra me encher a cara de lambidas, de ter pessoas maravilhosamente loucas ao meu redor, de poder aprender um pouco mais, de poder rir de tudo, até de mim mesma e das minhas tragédias pessoais".
A cada dia, um novo passo é dado e toda trilha é cheia de angústia, de medo e de descobertas.
Hoje eu não queria falar de amor, mas acabei falando.
Porque amar é isso, é se aproximar da grandeza sabendo que você é só uma fração do todo.
Só nos aproximamos disso, só enlevamos o nosso espírito quando nos conhecemos o suficiente pra seguir independentemente do que venha pela frente.
Só crescemos quando levantamos a cabeça e agradecemos...
Até por tudo aquilo que não pôde ser.

Nenhum comentário:

Postar um comentário