segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Fogo e Gelo

Eu queria querer como eu te quis um dia,
Era difícil e eu tinha paciência demais
Não queria ficar tão arredia, embora apaixonada,
Com outro alguém que torna isso fácil e não sabes o bem que ele me faz
Te amar foi tal qual enxugar gelo
Em vão...
Coisa de pele, de pelo.
Quando o instinto supera o coração
Eventualmente você desapareceria por debaixo do pano
Como num passe de mágica
Mágico, encantador
Virando água
E eu desaguando
Você pronto
Eu pranto
Você porto
Eu torpor
Ponto
Final.
Acho que é essa a diferença essencial.
Eu gostava da perseguição.
Da adrenalina, de saber que era errado
Em tantos níveis quanto se podia imaginar.
Com ele tudo é reticências e exclamação.
É adormecer e suspirar.
Com ele tudo é calmaria.
E nenhum fascinante caos que você me trouxe
Se compara com o prazer,
Com o prazer e a paz
Que esse homem me traz.

Um comentário:

  1. ountiquiticoisamaislinda.
    é melhor o bofe do prazer e da paz, tá ligada?
    ameeeeeei ♥

    ResponderExcluir