quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Elemento de controle

É mais fácil as pessoas julgarem outro grupo diferente e estranho e dizer: olha como são esquisitos, bizarros, olha como são diferentes. Muito mais que enfrentar a dificuldade real de tentar torná-los explicáveis, tentar fazê-los parecer humanos e compreensíveis em nossos próprios termos (GRAY, 1999).
As representações sobre supostas práticas degradantes de outros povos e culturas acabaram, na realidade, fortalecendo os próprios valores e crenças do grupo que criou as narrativas: "Imaginário é um sistema de imagens que exerce função catártica e construtora de identidade coletiva ao aflorar e historicizar sentimentos profundos do substrato psicológico de longuíssima duração" (FRANCO JR., 2003, P. 95-96). Do mesmo modo, o imaginário social funciona como importante elemento de controle entre os membros da sociedade, especialmente "do exercício da autoridade e do poder" (BACZKO, 1984, p. 310).

"Deuses, Monstros, Heróis - Ensaios de mitologia e religião viking", de Johnni Langer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário