quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Cloudy Day

Hoje eu acordei e o céu estava incrivelmente cinza, e pela primeira vez eu não pensei que fosse pela chuva torrencial que havia caído na madrugada havia algo errado. Olhi pro lado e vi minha mãe dizer com olhos marejados: "Ele faleceu de madrugada"
Confesso que não sabia bem o que fazer com a informação, se chorava por perder ou se me alegrava por ele ter parado de sofrer de vez por ter se livrado daquilo que o consumia. Quer dizer, não sabia o que sentir até ouvir um côro a cantar: "segura na mão de Deus e vai" e nessa hora uma luz (não mais de lâmpadas e sim do Sol, que até então estava tímido) iluminou o lugar.
Vi tudo como se fosse um sinal e devesse contar: ele indo sozinho, com medo, chateado e um tanto perdido pela incerteza do que viria a seguir; até que aquela mesma luz o iluminou para o caminho certo, ele confiou e foi pra perto de quem também o amava e foi por isso que o Sol estava tão brilhante, para dar esperança e força, como um sinal de que ele estava bem agora e chuva só viria quando ele percebesse que tão impotentemente sentíamos a sua falta.
Só sei que hoje eu vi um muito de muita gente ir junto com ele...
Mas amanhã terá sol e saberemos que no fim das contas você segura na mão de qualquer deus que você acreditar e segue teu caminho em paz e caminha até a felicidade que emana até nos piores dias.
Posso dizer que o sol virá, desde que você tenha paciência para esperá-lo e o sinta em sua plenitude...

[in memorian, I really really liked you]

2 comentários:

  1. Gostei desse eu lírico, simpatizei bastante com ela (interpretei como sendo feminino).

    "Mas amanhã terá sol e saberemos que no fim das contas você segura na mão de qualquer deus que você acreditar e segue teu caminho em paz e caminha até a felicidade que emana até nos piores dias.
    Posso dizer que o sol virá, desde que você tenha paciência para esperá-lo e o sinta em sua plenitude..."

    Mucho bueno.

    ResponderExcluir
  2. I really really liked him as well :\
    Amei esse texto, mas eu te disse isso.
    Alguma coisa maravilhosa haveria de surgir em meio a um dia tão nublado.

    ResponderExcluir