quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Contemplando peculiaridades

Era uma quarta-feira. Vinícius estava deitado sobre sua cama king-size enquanto mudava os canais de sua televisão com o controle remoto. Laura então surgiu com sacolas de compras; tinha acabado de chegar em casa e deitou-se transversalmente sobre ele, apoiando sua cabeça de modo que sua orelha ficasse exatamente sobre a barriga dele. Vinícius lançou um breve olhar sobre ela; notou seu sorriso jovial e em como seus cabelos alongavam-se belamente em volta deles dois. Voltou à procura de algo interessante na televisão e esperou que ela dissesse alguma coisa. Mas ela permaneceu calada. De novo, ele olhou-a rapidamente e ela não o olhava; ela parecia distante em seu próprio mundo de contemplação; perturbado, ele perguntou enquanto continuava a procura:

— Lá, quê que cê tá fazendo?

— Ouvindo os barulhos que a barriga faz — ela respondeu naturalmente, mantendo o sorriso e os olhos voltados para sua mão direita, repousada ao lado de seu rosto, sobre a barriga dele.

Esgueirou o olhar para ela mais uma vez; ela continuava na mesma posição, expressando uma mistura de concentração e encanto. De alguma forma, ela se interessava nos barulhos estomacais, ela se fascinava com isso.

— Amor... você é estranha.

3 comentários:

  1. Virou moda postar mil vezes (?) D:

    Adoro gente estranha!

    ResponderExcluir
  2. Adoro gente estranha! [2]
    E achei muito fofo ela querer conhecer literalmente até o interior dele xD

    ResponderExcluir
  3. Adoreo gente estranha! [3]
    Sério, eu adorei esse, pode dizer?
    Sério mesmo mesmo mesmo, que texto criativo, engraçadinho e fofo.

    ResponderExcluir