sábado, 7 de setembro de 2013

Três verdades

Eu já chorei 3 vezes esse ano, por 3 pessoas diferentes, e por 3 motivos diferentes. Mas no fim das contas, é sempre porque elas vão embora. Elas sempre vão embora.
Eu podia ter fingido em cada um que eu não me importava, como nunca me importei muito com ninguém. Mas a partir do momento que minhas lágrimas caíram incessantes de meus olhos, percorrendo todo meu rosto enquanto eu cuspia qualquer coisa entalada dentro de mim, cada um deles soube. Eu me importava.
Mais do que eu podia fingir.
Me importo tanto que antes mesmo que eu pudesse pensar em mentir sobre meus sentimentos eu jorrei e derramei verdade.
Talvez eu tenha me tornado mais fraca a medida que fico mais velha. Ou mais corajosa, ou mais inconsequente ou menos incomodada com o que os outros vão pensar de mim.



Nenhum comentário:

Postar um comentário