domingo, 29 de setembro de 2013

Eu vou te repetir mil vezes: estar só que é o que me incomoda, juro.
Eu estou ficando velha demais para curtir festas sozinhas, meus joelhos estão cansados, provavelmente por sua culpa, porque já ajoelhei tanto e fiz tanta promessa pra ficar contigo que por um tempo eu não sabia mais o que era estar de pé. Eu estou ficando velha demais para ir ao cinema sozinha e comprar uma pipoca pequena, quando todo mundo lá dentro está com aqueles super baldes cheios e uma pessoa ao lado.
Mas isso não significa que não me parte o coração te ver com ela, mas é só um pouquinho, porque eu não entendo como você pode ser feliz com ela se eu te faria ser pelo menos o homem mais amado do mundo, nada seria entediante com a gente... Aí eu me freio, porque eu fico enfiando na cabeça que eu preciso aceitar que você preferiu ela à mim.
Não sou obrigada a ter que te ver feliz acompanhado, por isso não estranha se eu passar por você no corredor e te der um oi sem olhar nos seus olhos.
Porque na maioria das vezes eu acho que não é você estar com ela que me incomoda e eu vou te repetir mil vezes: estar só é o que me incomoda, juro.

Um comentário:

  1. "Não sou obrigada a ter que te ver feliz acompanhado, por isso não estranha se eu passar por você no corredor e te der um oi sem olhar nos seus olhos"

    ResponderExcluir