sexta-feira, 30 de julho de 2010

Angel

Oi, amor. Queria dizer que eu ainda sinto sua falta, mesmo depois desse tempo todo.
Da sua falta de amor próprio, de discordar sempre comigo só pelo prazer de discutir e me ver extremamente brava.
Eu queria realmente lhe dizer que eu vou te mandar essa carta para que você leia ao menos um pouco do quanto eu sinto sua falta. E eu sei que isso tá parecendo meio repetitivo, mas é que faz tempo desde a última vez que eu reconheci pra valer sua existência e é estranho dizer que eu sinto sua falta em voz alta, ou em palavras escritas porque à primeira vista parece uma mentira descabida.

3 comentários:

  1. véi, para de escrever pro thiago, ele nem lê isso.


    tivequerir [2]

    HSUHSUHAUHSUAH

    ResponderExcluir
  2. Buuuuh, amei o finzinho
    "mas é que faz tempo desde a última vez que eu reconheci pra valer sua existência e é estranho dizer que eu sinto sua falta em voz alta, ou em palavras escritas porque à primeira vista parece uma mentira descabida."

    NHOIM

    ResponderExcluir