domingo, 24 de maio de 2009

Versos em dó de mim.

Quando eu deito minha cabeça no travesseiro 
Tudo o que eu consigo ver claramente
São os reflexos do meu fracasso
Tudo o que eu vejo é você, em cada canto que eu olho,
Você e sua maneira perfeita de enxergar tudo
Sem me enxergar.
E existe uma pequena parte de mim
Mais profunda que tudo isso
Que gostaria de ter coragem de te oferecer
Minha vida
Ou uma bebida
E me dói tanto não poder te alcançar
Não ter forças nem pra lutar
Quando você é tudo o que eu queria
Tudo e mais
Do que qualquer pessoa sonharia
Ou que alguém como eu conseguiria.
E é triste ouvir seus passos
E eu não sei porque diabos 
Eu escolhi te querer, mesmo não querendo...
Vai ser sempre assim
Eu e minhas escolhas ruins
Só pra me aproximar de você.

Um comentário: