sábado, 19 de janeiro de 2013

Eu não poderia. Mesmo com a música mais alta que as batidas do meu coração, mesmo com as luzes piscando mais rápido que meus olhos, mesmo com os rostos masculinos querendo ultrapassar os limites de aproximação, mesmo com o mundo girando lento.
Eu procurava inconscientemente em todos ali, o garoto de cabelo sem corte, óculos de aro preto, fumando um cigarro, mas ele não iria aparecer.
Nenhum deles teria seu cheiro, nenhum deles teria seu beijo, nenhum deles me faria perder a cabeça, nenhum deles me daria um frio na barriga, nenhum daqueles caras que tentavam me fazer mudar de ideia borrariam meu batom vermelho,
nenhum deles era você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário