quinta-feira, 26 de maio de 2011

Aleph

Eu sei que é tarde demais pra que nós dois sejamos amigos, mas algumas vezes tudo o que eu desejo é te deixar pra trás com todas essas lembranças caóticas de confidências e ódio, de amor e lá vem o ódio de novo. Tenho que te deixar pra trás, mas não o suficiente pra te esquecer, porque se eu perder tudo de você que habita em mim eu vou acabar esquecendo todo o resto, de onde vim e pra onde eu vou por sua causa. Tudo a seu respeito causou interferências em mim. A imagem, os sons, nada é igual, porque você me ensinou a gostar dessas coisas panacas que parecia que eu sempre gostei, só que você soube ler minha personalidade e me mostrou tudo isso, tudo o que agora faz parte do meu mundo. Eu sinto como se eu tivesse te perdendo aos pouquinhos, querido. Eu tenho medo do que possa ocupar minha cabeça caso você não esteja nela com suas abençoadas covinhas, com seu jeito espontâneo e descarado de levar todo mundo a acreditar nas coisas que você inventava. Você é uma fábula ambulante, um personagem de folclore, não tem como te odiar por mais que você seja um monstro. Você é encantador e eu detesto admitir que eu sinto sua falta. Tenho certeza que se eu fosse importante pra você como você era pra mim, eventualmente você voltaria... E brincaríamos novamente de queimada, escreveríamos um livro juntos ou cantaríamos alguma música indie ao som do violão. Você é meu carma e eu só sei que eu te amei demais pra esquecer o que nós vivemos, mesmo que ao seu lado os momentos oscilassem entre o sonho e o pesadelo, só eu sei o que exatamente foi agregado ou perdido... Ainda assim, será pedir muito...Pra você não me esquecer também?

Um comentário:

  1. Meu deus, você realmente conseguiu transpor esse sentimento 'absurdo'!
    Definitivamente adorei esse texto demais...
    Não teria como colocar melhor em palavras.

    Ele(s), tão perfeitamente confuso que até parece que foi inventado.



    PS: A música da Fiona Apple deu um toque final quando o li... A playlist tá ótima.

    ResponderExcluir