quarta-feira, 15 de abril de 2009

Por que Nightwish mudou de vocalista?

Confira a carta sobre a "expulsão" da vocalista do Nightwish:


"Cara Tarja,

Chegou a hora de escolher se a história do Nightwish termina aqui ou se ela ainda vai continuar por um período indeterminado de tempo. Temos trabalhado nesta criação há nove anos e ainda não estamos prontos para desistir dela.

Nightwish é um estilo de vida e certamente não abriremos mão disso. Igualmente certo é o fato de que não podemos continuar mais com você e o Marcelo (marido de Tarja). Durante o último ano, aconteceu uma coisa triste que não sai da minha cabeça, todos os dias, noite e dia. A sua atitude e o seu comportamento não combinam mais com o Nightwish. Eu jamais pensei que veria minha velha amiga agindo assim. Pessoas que passam um ano sem conversar entre si não podem fazer parte da mesma banda.

Estamos envolvidos numa indústria onde os negócios são um mal necessário, além de ser objeto de constantes preocupações. Também somos uma banda cuja música sempre saiu do fundo do coração, por causa da nossa amizade e da própria música. A satisfação pessoal deve sempre ser mais importante que o dinheiro! Nightwish é uma banda, é uma emoção. Para você, infelizmente, o negócio, o dinheiro e coisas que não têm nada a ver com essas emoções tornaram-se mais importantes. Você acha que sacrificou a si e sua carreira musical pelo Nightwish, em vez de pensar o quanto ela (a banda) deu a você.

Essa atitude ficou muito clara para mim quando você me disse duas coisas naquele vôo até Toronto: 'Eu não preciso mais do Nightwish' e 'Lembre-se, Tuomas, que eu posso sair dessa banda de repente, dando a você apenas um dia de aviso prévio.' Eu, simplesmente, não posso mais compor músicas para você cantar.

Você mesma disse que é meramente uma 'música convidada' no Nightwish. Agora essa visita chegou ao fim e o Nightwish vai continuar com uma nova vocalista. Temos certeza que isto representará um alívio, tanto para nós quanto para você. Esse nosso mal-estar já durou muito tempo.

Você nos disse que, independente de qualquer coisa, o próximo álbum do Nightwish seria o seu último. No entanto, nós queremos continuar juntos enquanto a chama estiver acesa. Nós quatro já vivemos esta situação inúmeras vezes, e acabamos percebendo que é isso que queremos fazer na vida. É tudo que sabemos fazer.

Em dezembro de 2004, na Alemanha, você disse que nunca mais sairia numa turnê que durasse mais de duas semanas. Você disse também que nós podíamos esquecer os Estados Unidos e a Austrália porque os honorários e locais de apresentação eram pequenas demais.

Eu mencionei em certas entrevistas que, se a Tarja saísse, a banda terminaria. Eu entendo que as pessoas vão pensar isso. O Nightwish é, no entanto, o cenário da minha alma, e eu não estou disposto a abrir mão disso por causa de uma pessoa. Uma pessoa que quer concentrar sua criatividade em outro lugar; uma pessoa cujos valores não coincidem com os meus.

Nós nunca nos importamos com o fato de você não participar da composição e dos arranjos das músicas. Em nove anos, você nunca ensaiou as músicas conosco antes de entrarmos no estúdio. Nem nos importamos com o fato de que durante as turnês você sempre quis viajar sozinha com o seu marido. Ou com o fato de que a sua imagem sempre foi a principal da banda. Nós aceitamos e achávamos que estava tudo bem, com exceção da ganância, da subestimação dos fãs e das promessas quebradas.

Ficou acordado, entre nós cinco, que o Nighwish era para ser a prioridade durante os anos 2004 e 2005. No entanto, outras coisas foram mais importantes para você. Sendo que a última delas, por exemplo, o nosso show em Oslo, com lotação esgotada, você quis cancelar porque precisava ensaiar suas apresentações solo, precisava encontrar amigos e ir ao cinema. Foram estas as palavras que Marcelo usou num e-mail que explicava o cancelamento. Este é apenas um exemplo, entre tantos outros. Eu não consigo imaginar um modo mais egoísta de dispensar nossos fãs.

O Nightwish é um modo de vida, um trabalho com obrigações que nos envolvem e envolvem nossos fãs. Não estávamos mais conseguindo cumprir essas missões com você. Sinceramente, nós não sabemos qual de vocês dois nos levou a esta situação. De certo modo, o Marcelo transformou aquela garota adorável que você era numa diva que não pensa ou age mais do mesmo jeito. Você está convencida demais do seu status, e de que você é insubstituível.

É óbvio que vai nos culpar pelo seu estresse e tormento. E você acha também que não ouvimos, nem respeitamos você. Acredite: nós sempre a olhamos com o maior respeito como uma grande vocalista e amiga. E, nos dois últimos anos, muitas vezes os nossos planos foram feitos seguindo só as suas decisões. Você era a única que sempre queria mais dinheiro pelos shows. Esta atitude de "compensação e mais dinheiro por tudo" é o que mais nos desapontou! Nós desejamos que de agora em diante você ouça mais o seu coração em vez do Marcelo.

As diferenças culturais unidas com ganância, oportunismo e amor são uma combinação perigosa. Não se deixe consumir. Não nos orgulhamos desta decisão, mas você não nos deixou alternativa. A divergência entre nós é grande demais. E a decisão foi tomada por nós quatro. Passamos do ponto onde as coisas podiam ser resolvidas numa conversa.

Desejamos tudo de bom para a sua vida e sua carreira.

Tuomas, Emppu, Jukka, Marco."

2 comentários:

  1. cara, adimito só ter lido a primeira frase desse discurso, não carta.
    mas A TARJA É MTO MELHOR.
    falei :x
    ram!

    ResponderExcluir
  2. Cara ñ tinha idéia que a Tarja era assim+isso acontece c/a maioria dos artistas,p/mim o importante é que aquele baixista lindo continue...

    ResponderExcluir