sábado, 22 de novembro de 2008

Idiota e inalcançável

Por que ser só mais um idiota inalcançável seria o exato oposto daquilo que eu precisaria para amar você.
Mas você não se contentou com o esteriótipo feliz e sonhador que eu transmitia,
você viu que debaixo de tudo aquilo tinha medo e cicatrizes e eu era sua menina.
Menina demais pra sentir tudo isso.
E me fez vulnerável, me fez confiar em você.
E como se não bastasse ser o homem mais lindo que eu já tinha visto,
resolveu me mostrar que era a alma mais evoluída
que habitava os confins de um universo tão distante do meu.
Eu odeio a maneira como você sempre me decifra,
como você é o único que sempre vai me entender,
mas eu te odeio mais por ter me feito amar você,
sendo assim,
idiota e inalcançável.

2 comentários:

  1. "E como se não bastasse ser o homem mais lindo que eu já tinha visto"
    era aquele cara do shopping, o pseudo John Travolta? O:
    ZUEY HUSHUSHUAHUS ;B

    quando os universos sao diferentes complica tudo, não é?

    ResponderExcluir
  2. Oun *-*
    Meigo e revoltado ao mesmo tempo, adorei :D

    ResponderExcluir