domingo, 18 de dezembro de 2011

MOTHER OF GOD!

Estava sentada, usando o computador, quando meu irmão se aproximou segurando e me mostrando um conjunto bruto de pedras cristal.
– Olha que legal. Tava guardado há um tempão. E, olha só, esse cristal tá se lapidando sozinho.
– É mesmo.
– Estranho, né?
– É.
– Não, eu não acho. É a natureza, e a natureza não é estranha. – em seguida, ele tentou arrancar o cristal que se lapidava sozinho. De repente, vários pedacinhos de cristal voaram por toda a parte: escrivaninha, teclado, tela do computador, chão, no meu roupão, até nos meus olhos. Ele se paralisou, temendo a minha reação, pois achava que eu brigaria epicamente com ele por isso. Após o ocorrido, não me contive e explodi de gargalhada, assim como ele.
– QUÊ ISSO!!! KKKKKKKK – e começou a catar os mil pedaços espalhados.
– “SANTO CRISTO!” KKKKKKKKKK
– “MOTHER OF GOD!” – imita o meme gesticulando um óculos imaginário – KKKKKKKK
– QUÊ QUE VOCÊ FEZ, VÉI?! KKKKKKKKK
– EXPLODIU! KKKKKKKKKKK Eu fui tentar tirar o cristal lapidado! – se abaixou para catar os pedaços no chão e resmungou – Esses elfos, viu... Esse cristal era dos elfos. Eu fui pegar, eu, que sou druida... Aí teve esse choque de poderes... de mágica... Eu acho, porque... né... pra ter acontecido isso, não sei, vai saber! kkk
– kkkkkkk Véi, sujou tudo aqui! Tem até no meu teclado!
– kkkkkkkkkkk Foi no teu olho?
– Foi! Só que eu fechei na hora.
– Isso porque você não viu daqui de cima! kkkkkkkkkkkkkkkkkk Explodiu por toda a parte, véi, tá louco!

Nenhum comentário:

Postar um comentário