domingo, 23 de maio de 2010

abstract thoughts of an unusual mind

As folhas estão secando, o clima está mudando e os bichos estão morrendo. A verdade é cruel, é irônica... O homem se preocupa tanto com ele mesmo que se sacrifica, que arruína o seu futuro.
Eu vejo casamentos ruindo, eu vejo brigas, eu vejo atitudes infantis. Eu estou envelhecendo cedo demais, eu até tento ter paciência, mas parece muito pra suportar. Me irrito com facilidade, choro com facilidade e vejo que o colapso começa de dentro pra fora. Eu emano caos. Sempre soube disso...
Mas o que me machuca mesmo é perceber que não sou só eu que me sinto dessa forma. Eu vejo isso nos seus olhos, eu vejo todo mundo tão assustado quanto eu.
Eu preciso que as pessoas sejam gentis ocasionalmente, eu preciso poder confiar pra variar e não me sentir patética por achar que as coisas podem se resolver. Eu preciso que seja prescindível exagerar, que eu acorde tendo algo pelo qual lutar, que eu não me abata e pense que eu simplesmente não consigo mais.
As folhas estão secando, o clima está mudando e os bichos estão morrendo. A verdade é cruel, é irônica...
O mundo não está se acabando...
A humanidade em nós está.

Um comentário: