quarta-feira, 7 de março de 2012

Fantasia I: O Sonho

Sonhei que você era aquele que me abraçava por trás envolvendo minha cintura, com o queixo apoiado no meu ombro. Que tinha os mesmos planos que eu, que via a vida do mesmo jeito. Que queria criar os filhos com os mesmos valores: tolerância, muita música, senso de humor, educação e esperança. Que me jogava no sofá e me fazia rir todo dia de alguma coisa bem idiota. Que me cobria de beijos e me fazia sentir amada. Que deixava bilhetinhos pela casa dizendo que só eu te fazia feliz. Sonhei, e no sonho você gostava de viajar e de conhecer pessoas. Era gentil, educado, bom de papo e tão esforçado que me fizesse ter vontade de te dar muitos filhos, que nossa casa fosse só alegria, que nossos dias fossem sempre bons.
Que toda noite eu deitasse em nossa cama e não precisasse de mais nada pra ganhar o dia do que ficar aninhada no seu peito. Que você aprendesse a dançar pra me chamar pra sair. Que fosse um amor tão óbvio que transcendesse eu e você e os nossos filhos. Que quando eu perdesse a paciência e me irritasse, você me fazia um chocolate quente e acariciava meus cabelos até eu ficar toda mole e fofa nos seus braços. Que eu olhasse pra você e tivesse a certeza que eu escolhi o homem que nunca vai me deixar na mão, que me faz bem, que me completa. O homem do qual eu mais me orgulho, um homem que diz ter se tornado homem por minha causa.
Minha fantasia é essa: ter pra sempre, no mínimo, o melhor de você.

Um comentário:

  1. "Minha fantasia é essa: ter pra sempre, no mínimo, o melhor de você."
    o-a-u
    awesome porque foi true, hermana.

    ResponderExcluir