segunda-feira, 21 de junho de 2010

Existe algo de bonito quando você fica assim distante, quando eu sinto que eu não posso te alcançar, quando eu lembro que nem sempre eu vou poder te proteger. Mas eu não gosto de te ver assim, é como se uma parte de mim estivesse tão completamente unida a você que eu já não sei sentir nada além daquilo que você sente. E o seu amor é o meu amor, e eu sinto falta do seu sorriso e das brincadeiras. Não me importa o que os outros pensam, eu sei tudo o que você significa pra mim e eu gostaria que você soubesse que eu só tenho a minha vida inteira pra te oferecer. A minha e dos nossos filhos e de tudo que vai crescer por sua causa. Então independentemente do que aconteça eu vou estar aqui. Mesmo se for pra te chamar de teimoso e te olhar com reprovação como você sabe que eu faço. É só pra te proteger, é sempre pra te proteger.
São 21:21 e eu queria estar aí te fazendo rir, fazendo comentários estúpidos e agindo como criança que é pra você esquecer dos seus problemas por instantes. Queria te cobrir de beijos, pular na sua cama e roubar seu edredon e chamar de meu. Queria que você tirasse meus óculos e colocasse atrás da persiana como sempre faz. E que a gente ficasse conversando e você ali me olhando e que você conseguisse dormir. Pelo menos descansasse um pouco, porque eu me preocupo com você e você sempre diz que estar ao meu lado te traz paz, te acalma. Você é mais do que qualquer outra pessoa pra mim, sabe? Por que eu sei que você é família, você sempre foi família pra mim. Juro que não me importaria com você roncando, amor, acho até graça, me acostumei. Eu só queria que você conseguisse ver que eu sempre vou estar aqui, que eu sou a garota que deita no chão por você e eu jamais vou sair do seu lado. Você me ofereceu planos e um amor novinho. Você  já puxou minha orelha e já me fez rir tantas vezes. Amo o teu jeito louco e não quero que nada tire do seu rosto a minha covinha. Eu quero te ver feliz, por que eu sei que tudo sempre se ajeita. É por isso que nós somos assim, mesmo em meio as nossas imperfeições, tão perfeitos um para o outro.


Então deita aqui sua cabeça no meu colo, que eu prometo tentar fazer todo o resto parecer menos difícil...
Por que tudo parece menos difícil quando é só eu e você.

2 comentários:

  1. "Eu queria estar aí te fazendo rir, fazendo comentários estúpidos e agindo como criança que é pra você esquecer dos seus problemas por instantes".

    Lindo texto, Mah.
    Íntimo e sincero.

    ResponderExcluir