quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Blergh

Acho que eu perdi um pouco da noção do tempo, porque eu me olho no espelho e não sei exatamente quanto tempo passou desde a última vez que você esteve aqui, só sei que as olheiras aumentam e o sono vai ficando mais leve, menor e sem vida.
Porque eu não estou certa sobre o rumo das coisas daqui pra frente, tudo parece tão embaçado no futuro e logo eu que sempre gosto de pensar no que vai acontecer daqui pra frente, me vejo impotente... Mas à essa altura eu já devia saber mais, você me contou que você era problema e que não ia me fazer bem, eu só escolhi passar por cima disso tudo acreditando que eu pudesse potencialmente mudar você.
Não.
Eu achava que você mudaria por mim, pra ficar do meu lado, pra fazer funcionar do jeito que devia.
Mas aí quando eu dei fé, você tava fazendo seu truque do desaparecimento e eu fiquei aqui.
Só eu e minhas olheiras que marcam o tempo que eu não durmo com você, que eu não durmo por causa de você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário