terça-feira, 15 de maio de 2012

Desculpa se eu canto sem dó
E se meu tempo não corre de ré
Basta que eu ame e pra mim faz sol
Deixa que a vida fala por si só.

Deixa o tempo correr sem dó.
Agora que eu vivo de ré
Se eu canto pra mim faz sol
Deixa o amor falar por si só.



Nenhum comentário:

Postar um comentário