sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Take a sad song and make it better

Sempre soube que meu amor viria...No fundo eu sempre soube.
Não sabia que era ele pois quando seus olhos doces finalmente cruzarem com os meus nós já estaremos envolvidos demais pra estragar isso, do jeito que tiver que ser ao seu lado eu sempre vou estar.
Não, ninguém vai entender um amor desses... Só sentindo pra compreender o porquê de mesmo você não estando aqui, eu te amar como eu amo.
Éramos duas almas abandonadas, feridas, exaustas que se apoiaram em algum momento e se reergueram juntas. Era mais do que carinho e respeito, era lealdade, era entrega, era o mesmo gosto estranho pra comida e a vontade de compartilhar coisas um com o outro...
Era ver televisão juntos estando ao telefone, era conversar sobre filmes e planejar nosso futuro.
Nosso futuro, estranho de se dizer...
Nosso, só nosso.
Minha felicidade agora era imensa e dava medo.
Quando me acostumei a ver tudo dando errado você me surgiu como o mais adequado milagre e eu chamaria isso de destino se você acreditasse nisso.
Dessa vez era real, eu sabia, dessa vez seria pra sempre.
A voz ecoava do outro lado da linha:"Tava com saudade de ouvir sua voz".
E eu quero ouvir a sua pra sempre, eu pensava.
Não entendia porque no instante que você falava comigo meu coração disparava e não entendia porque enquanto você falava meu corpo era tomado por uma paz que eu nunca havia sentido.
Nunca havia sentido
Antes de você.

Tell me how it should be. I've been in this path before, but it never was that good, it never was that simple. I see you, you see me... Isn't that weird?

i'm so glad i found you.

Nenhum comentário:

Postar um comentário