sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Your hand in mine (goodbye)

"Passar a tarde procurando ele pela rua, mesmo sabendo que ele simplesmente nao vai estar lá. mas tentando achar traços e pontos parecidos na multidão - um sorriso, um olhar, um jeito, cabelo, roupas, qualquer coisa, qualquer coisa que me faça sentir que ele ta ali. E a cada vez que encontro algo, o coração dispara.
Não pela pessoa na multidão, e sim porque ali eu vejo um pouquinho dele, um pouquinho só que seja. mesmo que nao seja igual - porque ninguem nunca vai ser igual, ninguem nunca vai substituir ele ou o que ele significou e ainda significa".


Texto feito pela Báps

3 comentários: